Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Recompra de ações de Vale: a maior participação da B3

A intenção da empresa, maior produtora de minério de ferro do mundo, é recomprar 10% de suas ações, o que custará cerca de 41 bilhões de reais em 18 meses
Recompra de ações de Vale: a maior participação da B3
Divulgação

Com a divulgação dos resultados da Vale (foto) referentes ao primeiro trimestre de 2022, que apresentaram um lucro trimestral de 23 bilhões de reais, a companhia deve ser, por mais um ano, uma das líderes em remuneração aos acionistas.

A Vale é a maior produtora de minério de ferro do mundo, e a sua matéria-prima tem como o maior mercado a China, com um preço próximo aos 140 dólares por tonelada, uma precificação acima da média histórica de 90 dólares.

O faturamento da Vale no 1T22 foi de 57 bilhões de reais, um resultado positivo e alinhado com as expectativas do mercado, como já era possível de estimar com a prévia operacional divulgada anteriormente.

A empresa também informou que planeja produzir entre 320 milhões e 325 milhões de toneladas de minério de ferro em 2022.

A geração de caixa motivada pelo impacto positivo da alta do preço do minério, que já vem ocorrendo desde 2020, permitiu que a Vale anunciasse um programa de recompras de ações, algo muito interessante. A intenção da empresa é recomprar 10% das ações, o que irá custar cerca de 41 bilhões de reais em um prazo de 18 meses.

O que se espera para este ano é que ela alcance um lucro de 100 bilhões de reais, o que, se concretizado, irá permitir tais recompras. A Vale também deve distribuir um volume bastante significativo em forma de dividendos, visto que não deve fazer grandes investimentos durante os próximos meses. Além das recompras, é esperado que a companhia entregue ainda uma renda em dividendos de 10% ao longo de 2022.

Atualmente, a mineradora negocia a três vezes a geração de caixa operacional, e o preço da ação embute uma queda expressiva no valor do minério de ferro, que poderia cair cerca de 40% para que VALE3 negocie próximo ao múltiplo histórico do índice da bolsa brasileira, o Ibovespa.

Caso as condições de mercado se mantenham constantes e o preço do minério permaneça em 140 dólares por tonelada, a distribuição de dividendos pode ser ainda maior!

A Vale é excelente em dividendos e agora apresenta, provavelmente, o maior programa de recompras de ações da Bolsa brasileira, proporcionando aos acionistas, dessa forma, a valorização das suas ações nos próximos 18 meses.

Com isso, seguimos otimistas com as ações da companhia, que hoje tem a maior participação de mercado do índice Bovespa.

Bons investimentos!

Por João Abdouni, analista CNPI na Inv Publicações

Nota: Dividendos são parte do lucro líquido de uma empresa dividido entre seus acionistas. Ou seja, é uma estratégia equivalente a ter vários salários adicionais, pagos pelas empresas com os melhores retornos do mercado, como os apresentados pela companhia Vale. Investir usando uma estratégia baseada em DIVIDENDOS pode ser uma excelente maneira de promover a multiplicação do seu capital. Na série Dividendos Extremos [VN1], Nícolas Merola, analista financeiro certificado (CNPI), apresenta uma estratégia equivalente a ter vários “salários adicionais”, para que você saiba como investir nos melhores ativos pagadores de dividendos, criando “múltiplos fluxos de renda extra” todos os meses. Clique aqui para saber mais.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....