Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Recessão? Aqui não!

A cada semana que passa os economistas estão revisando, para cima, os prognósticos do crescimento brasileiro neste ano de 2022
Recessão? Aqui não!
Foto: JoelFotos/Pixabay

Já está se tornando quase unanimidade dizer-se que, nos últimos meses de 2022 e ao longo do ano que vem, os principais países entrarão em recessão.

Ao mesmo tempo, nas últimas semanas estão surgindo dados mostrando que o Brasil deve ficar de fora dessa. Aliás, a cada semana que passa os economistas estão revisando, para cima, os prognósticos do crescimento brasileiro neste ano de 2022.

Fala-se agora em um mínimo de 1,5%, com possibilidades de ser mais. Afinal de contas, estamos ainda no início do segundo semestre.

O critério para considerar um país em recessão é que ele apresente dois trimestres seguidos de PIB negativo e aumento do desemprego. Só que isso é algo que se convencionou. Podiam ser três ou quatro. Mas cismou-se que são dois e, por enquanto, é o que está valendo.

A razão pela qual nós estamos saindo mais cedo do quadro recessivo é porque começamos a combater a inflação antes dos demais, com o Copom subindo —subindo para valer— os juros, de 2% para 13,25% num espaço de 15 meses.

Enquanto isso, Jerome Powell, chairman do Fed, acreditava que o surto inflacionário que atingiu os Estados Unidos era apenas temporário. E demorou a perceber que estava errado.

A Comunidade Europeia está ainda mais atrasada nessa questão dos juros. Tanto é assim que o euro está se aproximando do par com o dólar. A presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, sinalizou que só começará a aumentar as taxas agora em julho e depois em setembro.

É altamente provável que, quando o BC brasileiro começar a baixar a taxa Selic, os Estados Unidos e a Europa ainda estejam operando ladeira acima.

Ivan Sant’Anna, trader, escritor e colunista na Inv Publicações.

Nota: entender os movimentos da economia é fundamental para você tomar as melhores decisões nos seus investimentos. E Ivan Sant’Anna pode te ajudar nessa jornada. Clique aqui para conhecer os conteúdos exclusivos de um dos maiores traders do Brasil.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....