Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Programa de bônus na conta de luz vai custar R$ 2,4 bilhões, diz MME

Houve redução de 2,7% no consumo de energia nos últimos quatro meses de 2021, em relação ao mesmo período de 2020
Programa de bônus na conta de luz vai custar R$ 2,4 bilhões, diz MME
Foto: Geraldo Bubniak/ANPr

O Ministério de Minas e Energia (MME) prevê gastar R$ 2,4 bilhões com os bônus na conta de luz de janeiro para quem reduziu o consumo nos últimos quatro meses de 2021.

O número foi informado na quinta passada (20) pelo ministério.

Segundo a pasta, o programa gerou uma economia de 5,6 milhões de MWh, o equivalente a uma redução de 2,7% do consumo de energia em relação ao mesmo período de 2020, e 4,5% a menos na tarifa do consumidor residencial.

O programa foi anunciado em 31 de agosto do ano passado pelo ministro Bento Albuquerque, e passou a valer em 1º de setembro.

Os consumidores receberão um desconto na conta de luz de R$ 0,50 para cada kWh de redução entre setembro e dezembro, desde que a redução seja de pelo menos 10% em relação ao último quadrimestre de 2020.

A Aneel já atribuiu parte da queda do consumo às temperaturas mais amenas. Choveu mais e as pessoas usaram menos o ar condicionado.

Leia mais:

Em 7 anos, conta de luz subiu mais do que o dobro da inflação

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....