Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Presidente do BNDES: 'Não há janela para vender ações da Petrobras'

Gustavo Montezano admitiu que o banco tem enfrentado dificuldades para diminuir a participação no capital da estatal
Presidente do BNDES: Não há janela para vender ações da Petrobras
Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente do BNDES, Gustavo Montezano (foto), afirmou, em entrevista ao Estadão publicada nesta sexta-feira (24), que o banco tem encontrado dificuldades para reduzir a participação no capital da Petrobras.

No primeiro trimestre, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social vendeu cerca de R$ 635 milhões em ações da estatal. O BNDES, no entanto, ainda tem uma fatia de R$ 34 bilhões no capital da Petrobras. O banco tinha a expectativa de diminuir para cerca de R$ 20 bilhões não só essa participação, mas toda sua carteira até o final de 2022.

Montezano admitiu que não há “janela de mercado” para voltar a fazer grandes vendas de ações da Petrobras, em razão das incertezas do setor de petróleo e gás, além das sucessivas trocas no comando da companhia. Com isso, não será mais possível atingir neste ano a meta de reduzir, em 80% ante o início de 2019, o valor da carteira de ações do banco.

Não teve janela de mercado clara para fazer (vendas de ações da) Petrobras desde então. A notícia de hoje (a renúncia do ex-presidente da Petrobras José Mauro Coelho, na segunda-feira, 20) referenda a manutenção desse estado. […] Não vamos acelerar, não vamos atropelar. Vamos fazer (as vendas) quando tiver janela e com calma. Se tivermos que esperar um pouco mais, esperaremos”, afirmou o presidente do BNDES.

Leia também:

Petrobras: no fundo do poço eleitoral

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....