Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Pastore: "Tivemos a destruição do cenário fiscal brasileiro"

O guru econômico de Sergio Moro criticou a PEC dos Precatórios e afirmou que o texto promove um "clientelismo de baixa qualidade"
Pastore: “Tivemos a destruição do cenário fiscal brasileiro”
Reprodução/Papo Antagonista/YouTube

Em entrevista ao Papo Antagonista, Affonso Celso Pastore, guru econômico de Sergio Moro, afirmou que a PEC dos Precatórios está inserida em um contexto de destruição do cenário fiscal brasileiro.

O economista defendeu a necessidade de investir em um mecanismo de transferência de renda, mas disse que o texto abriga um “clientelismo de péssima” qualidade por meio das emendas do relator.

Nós tivemos uma destruição do cenário fiscal no BrasilVocê tinha que ter uma transferência de renda, na qual o governo ia gastar alguma coisa em torno de R$ 30 ou R$ 40 bilhões. Entre a PEC dos Precatórios e mudança da indexação do teto, se gerou R$ 92 bilhões. Mais do que o dobro do necessário. Parte foi usada para emendas do relator, que somam R$ 16,2 bilhões, além de um aumento do fundo partidário. Isso é um clientelismo de péssima qualidade, não é política fiscal.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....