Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Nosso mercado aceita muito desaforo"

A afirmação é do estrategista-chefe da Inversa, Rodrigo Natali; segundo ele, os dados mostram que os erros políticos custam caro ao país 
“Nosso mercado aceita muito desaforo”
Foto: B3

Enquanto o S&P 500 acumulava alta de 24,8% no ano até ontem, a Bolsa de Valores de São Paulo (B3) registrava queda de 13,5% (veja gráfico abaixo). Segundo analistas ouvidos por O Antagonistao populismo eleitoreiro de Jair Bolsonaro em busca da reeleição é o principal fator que afeta os preços dos ativos no Brasil.

WhatsApp Image 2021 11 18 at 13.10.04 628x329
Reprodução
O estrategista-chefe da Inversa, Rodrigo Natali, afirmou que os dados mostram que os erros políticos custam caro ao país.

“Enquanto as bolsas americana e de outros países fazem suas máximas histórias, nós estamos próximos das mínimas. As principais causas foram a alta da inflação e dos juros, que freia a economia. E, o governo furando o teto de gastos, que preocupa investidores. No entanto, alguns especialistas acreditam que a bolsa brasileira já se encontra muito desvalorizada, principalmente em alguns setores específicos. Apesar das constantes surpresas, nos parece que nesse nível, nosso mercado aceita muito desaforo”, disse.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....