Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Lira descarta calote, mas diz que não há como pagar R$ 89 bilhões em 2022

Em entrevista nesta quarta-feira, o presidente da Câmara afirmou que "não há condição alguma" de usar o montante para pagar precatórios
Lira descarta calote, mas diz que não há como pagar R$ 89 bilhões em 2022
Foto: Alan Santos/PR

O presidente da Câmara, Arthur Lira, disse nesta quarta-feira (4) que o governo não vai dar um calote nos precatórios. O Planalto prepara uma PEC para limitar as despesas com as dívidas, de modo que elas sejam parceladas em dez anos. A ideia seria criar espaço no orçamento para o novo Bolsa Família.

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Lira afirmou que não há como pagar os R$ 89 bilhões no ano que vem.

“Não há possibilidade de calote. Mas também não há possibilidade, não há condição alguma de se pagar R$ 90 bilhões no próximo ano em precatórios. Seria consumir todo o recurso discricionário de investimentos do país de uma vez só.”

O presidente da Câmara afirmou que o governo pode adotar um modelo semelhante ao de estados e municípios, em que há um limite de em média cinco anos para o pagamento.

“Haverá uma ordenação que já existe hoje para Estados e municípios. O que é importante dizer é que com vários outros ministros da Economia, por exemplo, havia uma articulação para que a Justiça fosse liberando justamente o que coubesse dentro da média anual do que é razoável. Por um motivo ou outro, nesse período saíram essas decisões, que nós temos que respeitar.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....