Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Guedes nega que tenha sugerido congelamento de preços

Ministro disse que os empresários terão uma folga em suas margens após a aprovação do projeto de lei que estabelece um teto de ICMS
Guedes nega que tenha sugerido congelamento de preços
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O ministro da Economia, Paulo Guedes, negou hoje que tenha pedido o congelamento dos preços dos itens das cestas básicas nos supermercados.

Para ele, é “patético falar em tabelamento” de preços. Entretanto, Guedes disse que os empresários terão uma folga em suas margens, após a aprovação do projeto de lei que estabelece um teto de ICMS.

“É patético falar em tabelamento. Quem congelou preços lá atrás tem esse fantasma na cabeça. Reduzimos a carga fiscal e, mesmo que os preços subam, há espaço para não elevar os preços. Como caíram os impostos, você pode ficar um tempo sem remarcar preços mesmo com a elevação dos custos. Esse é o ponto. Se [o empresário] não quiser [reduzir margens], que se dane. Aumenta o preço e o consumidor sai de perto”, afirmou o ministro durante a abertura Fórum de Investimentos Brasil 2022, em São Paulo.

“Foi nesse sentido que falei, não tem nada a ver com congelamento”, reiterou Guedes.

Assista ao vídeo:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....