Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Guedes culpa pandemia e guerra por salário mínimo congelado

Jair Bolsonaro será o primeiro presidente desde o Plano Real a terminar mandato com salário mínimo valendo menos
Guedes culpa pandemia e guerra por salário mínimo congelado
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Em evento do governo nesta segunda (9), o ministro da Economia, Paulo Guedes (foto), afirmou que a falta de aumento do salário mínimo no país é reflexo de duas guerras: a pandemia e a invasão da Ucrânia pela Rússia.

“A verdade é que essa geração pagou pela guerra. Nós fizemos sacrifícios e ficamos sem aumento de salário, tivemos uma recuperação econômica forte. Não houve aumento de salário real porque durante uma guerra é normal que haja perdas importantes”, disse.

A declaração foi dada no mesmo dia em que um levantamento feito pela Tullett Prebon Brasil e divulgado pelo jornal O Globo mostrar que Jair Bolsonaro (PL) vai encerrar seu mandato em dezembro deste ano como o primeiro presidente, desde o Plano Real, a deixar o salário mínimo com valor menor do que quando entrou.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....