Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Governo deve saber no fim do mês custo do programa de bônus na conta de luz

Programa foi anunciado em 31 de agosto pelo ministro Bento Albuquerque
Governo deve saber no fim do mês custo do programa de bônus na conta de luz
Foto: Geraldo Bubniak/ANPr

O Ministério de Minas e Energia ainda não sabe quanto vai custar o programa de bônus na conta de luz anunciado por ele próprio no ano passado, mas deve descobrir no fim de janeiro.

O programa foi anunciado em 31 de agosto pelo ministro Bento Albuquerque e passou a valer em 1º de setembro.

Os consumidores receberão um desconto na conta de luz de R$ 0,50 para cada kWh de redução entre setembro e dezembro, desde que a redução seja de pelo menos 10% em relação ao último quadrimestre de 2020.

O desconto extra na conta de luz virá todo de uma vez, em uma conta de luz no começo de 2022.

Dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) mostraram uma redução no consumo nas casas e pequenas empresas entre setembro e novembro de 2021, em comparação ao mesmo período em 2020.

A Aneel atribuiu parte da queda do consumo às temperaturas mais amenas. Choveu mais e as pessoas usaram menos o ar condicionado.

Procurado por O Antagonista nesta semana, o Ministério de Minas e Energia pediu para procurar a Aneel. A Aneel, por sua vez, sugeriu perguntar à Empresa de Pesquisa Energética (EPE).

A EPE, finalmente, disse que os dados de consumo são publicados somente no último dia útil do mês seguinte. Os dados de dezembro de 2021, portanto, serão divulgados no fim deste mês.

Leia mais:

Aneel: consumidores comuns reduziram gasto de energia nos últimos 3 meses

Bônus por redução na conta de luz virá apenas em 2022

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....