Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Felipe Salto, sobre Orçamento: "Preocupação é com os reajustes que serão engendrados"

Diretor-executivo da IFI comentou decisão de Jair Bolsonaro de manter R$ 1,7 bilhão para possibilitar aumento a servidores
Felipe Salto, sobre Orçamento: “Preocupação é com os reajustes que serão engendrados”
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente do Senado, Felipe Salto (foto), comentou há pouco o Orçamento de 2022, que foi sancionado nesta segunda (24) por Jair Bolsonaro (PL). Como mostramos, o presidente manteve a disponibilidade R$ 1,7 bilhão para possíveis reajustes de servidores federais.

Felipe Salto disse, no Twitter, que a decisão do presidente preocupa do ponto de vista macrofiscal.

“Sancionado o Orçamento de 2022. Os vetos presidenciais cortam 3,2 bi e deixam possível espaço aberto para recomposição de despesas de pessoal. Do ponto de vista macrofiscal, a preocupação é com os reajustes que serão engendrados e o que podem incentivar para a partir de 2023.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....