Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em ato falho, Guedes anuncia "André Esteves" como secretário

Ao anunciar novo secretário de Tesouro e Orçamento, ministro troca nome Esteves Colnago pelo do dono do BTG, seu amigo pessoal
Em ato falho, Guedes anuncia “André Esteves” como secretário
Foto: Raquel Cunha/Folhapress

Ao anunciar Esteves Colnago no lugar de Bruno Funchal como novo secretário de Tesouro e Orçamento, Paulo Guedes cometeu um lapso e mencionou o banqueiro André Esteves, dono do BTG e seu amigo pessoal.

Jair Bolsonaro riu do lapso e Guedes tentou se justificar, trocando o nome do economista novamente. “Sai o Funchal e entra o André Esteves… O André Colnago… É o André Esteves Colnago. Ah, não tem o André, né?”

O ministro alegou que se confundiu porque soube que auxiliares de Bolsonaro foram até André Esteves, o banqueiro, pedir o Mansueto Almeida “emprestado”. Foi Diogo Mainardi quem revelou que Mansueto havia sido procurado por Ciro Nogueira.

“Sei que o presidente não pediu isso, pois acredito que ele confia em mim e eu confio nele. Mas sei que muita gente andou oferecendo nome e fazendo pescaria, inclusive lá.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....