Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Com Bolsonaro, repasse de verbas para SP cai 36,5%

Houve queda nas transferências voluntárias da União na comparação com o governo de Michel Temer
Com Bolsonaro, repasse de verbas para SP cai 36,5%
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Com Bolsonaro na Presidência da República, os valores das transferências voluntárias do Planalto para o estado de São Paulo sofreram queda de 36,5%, na comparação com o governo de Michel Temer (MDB), seu antecessor. É o que mostra um levantamento da Secretaria da Fazenda da administração paulista.

Durante a gestão do emedebista, entre 2016 e 2018, foram transferidos R$ 3,3 bilhões. Já com Bolsonaro, entre 2019 e este ano, os repasses somaram R$ 2,1 bilhões, em valores corrigidos pela inflação. Essas transferências não são obrigatórias por lei e dependem de acordos entre os governos.

João Doria, que deixou o governo estadual no mês passado para disputar a corrida presidencial, e Jair Bolsonaro, que também participará da disputa, se tornaram inimigos públicos após o início da pandemia.

O candidato de Jair Bolsonaro ao governo de São Paulo é Tarcísio Gomes de Freitas, ex-ministro da Infraestrutura. Diante da polêmica envolvendo os repasses, a relação de Bolsonaro com São Paulo será explorada por adversários, segundo a Folha. Tarcísio, por exemplo, é acusado de ter prejudicado os paulistas e ajudado o Rio de Janeiro como ministro na duplicação da Rio-Santos, que só contemplou o trecho fluminense.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....