Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Bolsonaro diz que não sabe para quem dará aumento salarial

O Orçamento de 2022 prevê R$ 1,7 bilhão para reajustes salariais de servidores e o presidente da pretendia elevar as remunerações dos policiais federais
Bolsonaro diz que não sabe para quem dará aumento salarial
Reprodução

Após ameaças de greve e o anúncio de paralisação de auditores da Receita Federal, Jair Bolsonaro (foto, ao centro) afirmou há pouco, durante live no Facebook, que não especificou que categoria receberá aumento no contracheque no próximo ano.

O Orçamento de 2022 prevê R$ 1,7 bilhão para reajustes salariais de servidores e o presidente da República pretendia elevar as remunerações das carreiras policiais federais.

Entretanto, com a repercussão negativa entre os demais trabalhadores da administração pública, Bolsonaro afirmou que não definiu que categoria receberá reajuste salarial.

“O governo federal também não especificou categoria nenhuma. Um pequena reserva de R$ 2 bilhões. Está uma onda terrível que vai ser direcionada. Lógico, cada um tem suas preferencias. Mas as preferencias não são pessoais, tem que ser levando em conta a necessidade. Em tempos de poucos recursos se procura atender quem pior está. Já digo que não tem nada definido, mas, por exemplo, a Polícia Rodoviária Federal tem batido recorde de apreensão de drogas. Em MG foram 100 toneladas. Entre outros números aqui bastante vultosos. Também a Polícia Penal tem um trabalho enorme e tem o salário lá embaixo. Não quer dizer que vamos atender essa ou aquela categoria. Foi apenas reservado R$ 2 bilhões”, disse.

O presidente ainda afirmou que gostaria de dar um aumento para todos os servidores públicos, mas não é possível por restrições econômicas. Segundo ele, “todos os servidores são importantes”.

“Vamos ver oque vai ser feito lá na frente. Querem aumento linear. Eu quero dar aumento para todo mundo, agora tem um teto pela frente. Tenho conversado com a equipe econômica. Dá para fazer? Dá para fazer. Sabemos da dificuldade. A inflação esta alta. A gente vê o que pode fazer dentro da responsabilidade. Todos merecem. A gente não quer cometer excessos. Todos os servidores são importantes”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....