Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Benefícios do INSS serão reajustados em 10,16% e teto sobe para R$ 7.087

Aumento considera a variação do INPC de 2021; indicador mede a variação de preços para famílias com renda entre um e cinco salários mínimos
Benefícios do INSS serão reajustados em 10,16% e teto sobe para R$ 7.087
Foto: Pedro França/Agência Senado

Os benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) com valor acima do salário mínimo terão reajuste de 10,16% em 2022. O aumento considera a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2021. O indicador mede a variação de preços para famílias com renda entre um e cinco salários mínimos.

O INPC foi divulgado nesta terça-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e também reajustará o teto do INSS.

Com isso, o valor máximo para os benefícios previdenciários passará dos atuais R$ 6.443,57 para R$ 7.087,22.

Os beneficiários do INSS que ganham o salário mínimo tiveram o valor reajustado para R$ 1.212, após Jair Bolsonaro assinar medida provisória em 31 de dezembro de 2021.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....