Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Banco Central diz que inflação se mostra disseminada e persistente

Em ata do Copom, autoridade monetária destaca o aumento dos preços dos combustíveis e sinaliza que os juros continuarão mais altos
Banco Central diz que inflação se mostra disseminada e persistente
Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

Na ata do Comitê de Política Monetária (Copom) divulgada nesta terça-feira (10), o Banco Central chamou a atenção para a escalada dos preços dos combustíveis, “com impacto maior e mais rápido do que era previsto”.

Na última reunião, o Copom elevou a taxa básica de juros, a Selic, em um ponto percentual, chegando a 12,75% ao ano.

“A inflação ao consumidor segue elevada, com alta disseminada entre vários componentes, se mostrando mais persistente que o antecipado. A inflação de serviços e de bens industriais se mantém alta, e os recentes choques levaram a um forte aumento nos componentes ligados a alimentos e combustíveis”, diz a autoridade monetária.

“As leituras recentes vieram acima do esperado e a surpresa ocorreu tanto nos componentes mais voláteis como nos mais associados à inflação subjacente. Nos itens mais voláteis, continua se destacando o aumento do preço da gasolina, com impacto maior e mais rápido do que era previsto”, acrescenta.

O Banco Central indica que deve continuar a política de juros mais altos, ainda que tente dosá-la para não tentar conter a desaceleração econômica.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....