Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Após 10 anos, projeto para construção de três hidrelétricas na Amazônia avança

Eletrobras e Eletronorte receberam aval da Aneel para levar plano adiante; usinas não saem do papel devido a possíveis impactos em áreas de conservação
Após 10 anos, projeto para construção de três hidrelétricas na Amazônia avança
Foto: Divulgação/Aneel

A Eletrobras e sua subsidiária Eletronorte receberam aval da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para avançar com o projeto que visa construir 3 grandes hidrelétricas na Bacia do Rio Tapajós, na Amazônia, diz o Estadão. Trata-se de uma das áreas mais preservadas da região.

A agência aprovou, nesta semana, o pedido das estatais para a realização de estudos de viabilidade técnica e econômica das usinas de Jamanxim, Cachoeira do Caí e Cachoeira dos Patos. Juntas, a hidrelétricas somariam mais de 2,2 mil megawatts, capacidade suficiente para abastecer mais de 3 milhões de famílias.

Os levantamentos poderão ser elaborados até 31 de dezembro de 2023. Há mais de 10 anos, a Aneel (foto) recebe solicitações para analisar a construção dessas hidrelétricas.

A Eletrobras e a Eletronorte integram o Consórcio Tapajós, criado para viabilizar essas usinas que não saem do papel devido aos possíveis impactos em áreas de conservação e terras indígenas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....