Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Acordo para votar reforma que unifica impostos surpreendeu equipe econômica

Pelo entendimento, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado debaterá e votará o tema na primeira sessão do colegiado marcada para fevereiro
Acordo para votar reforma que unifica impostos surpreendeu equipe econômica
Foto: José Cruz/Agência Brasil

A equipe econômica ficou surpresa com o acordo anunciado pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre, de votar a reforma que unifica impostos na primeira sessão do colegiado em fevereiro.

Apesar do anúncio, técnicos do Ministério da Economia ouvidos reservadamente por O Antagonista avaliam que o texto não seria aprovado se fosse votado hoje no plenário do Senado.

“Muitos parlamentares se manifestaram de maneira contrária ao texto tanto na comissão como nos corredores do Senado. Será preciso um trabalho bem feito para conseguir os votos para aprovar essa PEC. Além disso, ainda temos dúvidas sobre a unificação de impostos federais, estaduais e municipais”, disse um técnico.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....