Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Me recuso a votar

Me recuso a votar
Foto: Pixabay

Eu jamais votaria em Jair Bolsonaro. Eu jamais votaria em Lula. E eu jamais votaria na Terceira Via, depois do que a Terceira Via fez com a própria Terceira Via.

Em outubro, de fato, estarei a 6.718 km (em linha reta) da minha zona eleitoral. Vou fugir da urna. Em minha lápide, estará escrito que um oceano inteiro me separou do voto. Em latim.

Até pensei em oferecer um cafezinho aos eleitores ausentes que tocassem minha campainha no primeiro turno ou no segundo. Mas eu estaria violando a regra número um do verdadeiro desertor. Quem se recusa a votar é chamado a se afastar completamente do processo eleitoral. É um erro abster-se e, ao mesmo tempo, tentar convencer os outros a fazer o mesmo. O abandono tem de ser absoluto, irrevogável, intransferível.

Assine a Crusoé e leia aqui, por favor, o resto da minha coluna.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....