Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A culpa é minha

A culpa é minha
Reprodução/RT

Fui um dos culpados por ter tirado Reinaldo Azevedo do anonimato, promovendo sua carreira, e me penitencio até hoje por minha incapacidade de enxergar o caráter que se escondia debaixo daquele chapéu (…).

Quando a PF o grampeou recitando poesia para a irmã de Aécio Neves, meu arrependimento aumentou um bocado. Não havia crime ali, só uma promiscuidade vexaminosa, exposta publicamente. Quem faz o nosso trabalho está sujeito a ser atacado. Os petistas tentaram me associar às piores imundices ao longo dos anos e foram imitados pelos bolsonaristas. O próprio Reinaldo Azevedo, aliás, tratou de espalhar algumas dessas imundices, acabando por esmerdear-se completamente em seu processo de apodrecimento moral. As imundices contra mim nunca colaram porque sou limpo e transparente. O caso de Reinaldo Azevedo é diferente: todos conhecem o caráter que se camufla sob aquele chapéu.

Os assinantes da Crusoé podem ler aqui o resto de minha confissão de culpa, agravada pelas imbecilidades que o sujeito disparou sobre Vladimir Putin.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....