Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Os shows (quase) milionários de Gusttavo Lima não param

Na semana passada, o cantor - contratado a preços de ouro por prefeitura do interior do Brasil - garantiu um novo contrato de R$ 900 mil na Paraíba
Os shows (quase) milionários de Gusttavo Lima não param
Foto: Divulgação

Gusttavo Lima (foto) recebeu R$ 900 mil por um show realizado no último dia 26 de junho na cidade de Santa Luzia, no interior da Paraíba. O espetáculo mostra não apenas que o cantor continua recebendo propostas de shows após a polêmica dos sertanejos apoiadores do governo – como o cachê parece ter aumentado desde então.

O show de Gusttavo Lima foi contratado para a festa de São João da cidade, sem licitação, e contou inclusive com divulgação nas páginas do cantor.

 

Ver essa foto no Instagram
 

Uma publicação compartilhada por 🏛 Gusttavo Lima 🏛 (@gusttavolima)

 

Um jornal local especulou que o show pode ter custado ainda mais caro à prefeitura – cerca de R$ 1,2 milhão, se incluídos os gastos com dois jatinhos utilizados pelo cantor. O valor, tornado público em edital, só foi revelado três dias após o show.

Em maio, O Antagonista mostrou que o cachê médio do cantor estava em R$ 850 mil, e que cidades do interior do Brasil contratavam o cantor sem muito critério – em um deles, até royalties de Itaipu foram usados para pagar o cachê do cantor.

Os casos envolvendo Gusttavo Lima motivaram uma devassa em contratos de cantores sertanejos, como mostrou a Crusoé. Cantores apoiadores do governo têm se apoiado nestes gordos contratos – inclusive dentro da lei Rouanet, altamente desprezada por apoiadores de Jair Bolsonaro.

Ainda no mês passado, pela primeira vez o Superior Tribunal de Justiça (STJ) proibiu uma cidade no interior do Amazonas de pagar R$ 700 mil a um show da dupla Bruno & Marrone. O show acabou acontecendo, e a cidade deverá ser investigada.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....