Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

MP-SP quer que Virada Cultural suspenda cachê de Ludmilla após "L" em show

Cantora foi acusada por vereador do Novo de fazer propaganda antecipada de Lula em apresentação para a prefeitura de São Paulo
MP-SP quer que Virada Cultural suspenda cachê de Ludmilla após “L” em show
Reprodução

O Ministério Público de São Paulo concordou com o pedido do vereador de São Paulo Fernando Holiday (Novo) para que a Secretaria de Cultura de São Paulo suspenda o cachê da cantora Ludmilla, por seu show na Virada Cultural no mês passado. 

A cantora foi acusada de fazer um gesto com as mãos imitando a letra “L”. Holiday acusa a cantora de fazer propaganda antecipada a Lula, pré-candidato.

Para a procuradora Eloísa Franco, que analisou a questão em nome do MP, “há diversos elementos que apontam para um desvio de finalidade em tal contrato que deveria ter finalidade cultural.”

Desde o dia do show, Holiday cobra a suspensão do pagamento. “O município promoveu evento com a cantora para promover um evento cultural, entretanto, o evento ficou marcado pela grande manifestação política em favorecimento de um pré-candidato, ele disse à época.

A cantora se defendeu das acusações, lembrando que seu nome também começa com a letra “L”.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....