Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Witzel diz que ex-secretário se infiltrou no governo para receber propina

Witzel diz que ex-secretário se infiltrou no governo para receber propina
Foto: Carlos Magno

Wilson Witzel negou, em entrevista à CNN, que os R$ 554 mil recebidos pelo escritório de sua mulher de empresas e contratadas pela Secretaria de Saúde do Rio sejam pagamento de propina.

Ele admitiu que existia esquema de corrupção na pasta, mas colocou toda a culpa no ex-secretário Edmar Santos, que fechou acordo de delação com a Procuradoria-Geral da República.

“O Edmar, infelizmente, se demonstrou como grande operador de esquema de corrupção na área da saúde. Na delação, ele diz que já vem operando dessa forma desde 2016. É lamentável que tenha se infiltrado no nosso governo para continuar fazendo negócios ilícitos. Ele tem muito dinheiro a apresentar ainda em espécie”, disse o governador afastado.

Segundo Witzel, Edmar Santos teria mais dinheiro em espécie guardado, além dos R$ 8,5 milhões que se comprometeu a devolver no acordo de colaboração.

Sobre os contratos fechados com o escritório de Helena Witzel, ele foi evasivo: disse que a defesa dela vai provar que os serviços foram prestados.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....