Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Você paga até a aproximação de Flávio Bolsonaro com "formadores de opinião"

Desde janeiro, o senador e filho do presidente da República já gastou R$ 72 mil do chamado cotão para contratar serviços de comunicação
Você paga até a aproximação de Flávio Bolsonaro com “formadores de opinião”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Somente em 2022, o senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) já gastou R$ 72 mil da cota parlamentar para contratar serviços de uma empresa de comunicação.

O chamado cotão é dinheiro público ao qual todo congressista tem direito para usar com quase tudo o que você conseguir imaginar e que tenha alguma relação com o mandato.

No caso de Flávio, a contratação mensal por R$ 18 mil da empresa A3, do Rio de Janeiro, inclui:

“consultoria de comunicação para divulgar as ações de mandato”;

“atendimento de demandas de imprensa”;

“clipping de notícias”;

— e “promoção de relacionamento do senador com formadores de opinião” e “acompanhamento em agendas”.

As informações constam nas notas fiscais apresentadas ao Senado para ressarcimento.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....