Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Uso da biometria para eleições ainda está em análise, diz TSE

A Corte já informou que ainda não definiu o protocolo sanitário a ser adotado durante as eleições deste ano, que acontecerão em outubro
Uso da biometria para eleições ainda está em análise, diz TSE
Abdias Pinheiro/ASCOM/TSE.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) comunicou que o uso da biometria (para quem havia feito o cadastro antes da pandemia) nas eleições deste ano ainda está sendo estudado e depende da evolução da crise sanitária provocada pela doença no país.

De acordo com o TSE, nenhum eleitor que não realizou o cadastramento será proibido de votar. O tribunal também diz que “a ausência da biometria não impede, por si só, o exercício do voto”.

Em razão da pandemia, o cadastro biométrico está suspenso no país como forma de prevenção ao contágio da Covid, considerando que a coleta das digitais só ocorre presencialmente. Pelo mesmo motivo, não houve identificação biométrica do eleitorado nas eleições municipais de 2020.

Como mostramos, o TSE já informou que ainda não definiu o protocolo sanitário a ser adotado durante as eleições deste ano, marcadas para outubro.

Em nota, a Corte disse que “qualquer decisão neste sentido será tomada com o devido embasamento científico e seguindo recomendações feitas por especialistas, como ocorreu no pleito passado. Quando definidas, as medidas serão amplamente divulgadas”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....