Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

TSE deve definir em fevereiro uso do Telegram nas eleições

Luís Roberto Barroso enviou um ofício ao CEO do aplicatico solicitando uma reunião para discutir possíveis formas de cooperação no combate às fake news 
TSE deve definir em fevereiro uso do Telegram nas eleições
Foto: Freepik

Em ano de eleição, o tema fake news e o uso do Telegram têm preocupado o TSE. A Corte deve definir em fevereiro a regulamentação do uso do aplicativo de mensagens, conforme apurou O Antagonista.

Em evento em novembro passado, o ministro Luís Roberto Barroso afirmou que a Corte tem defendido que só possam operar as mídias sociais e plataformas que tenham sede ou representação no Brasil, para que exista accountability de quem cumpre a legislação eleitoral brasileira.

Também no final do ano passado, Barroso enviou um ofício ao CEO do Telegram, Pavel Durov, solicitando uma reunião para discutir possíveis formas de cooperação no combate às fake news durante a campanha eleitoral de 2022.

Como a empresa não possui escritório no Brasil, o ministro sugeriu que o encontro “ocorra com algum representante da plataforma para estabelecer contato entre o TSE e o Telegram e avaliar possíveis ações a serem adotadas”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....