Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Transparência Internacional critica supersalários de procuradores

A ONG afirmou nas redes sociais que a “corrupção institucional é aquela que legaliza privilégio e injustiça“
Transparência Internacional critica supersalários de procuradores
Foto: Antonio Augusto/Secom/PGR

A Transparência Internacional criticou nesta quarta-feira (19) os pagamentos de quase R$ 500 mil a procuradores, autorizados por Augusto Aras (foto) no fim do ano passado. Em publicação no Twitter, a ONG afirmou:

Corrupção institucional é aquela que legaliza privilégio e injustiça. Desvia o Estado do interesse público e o torna uma máquina de concentração de riquezas e direitos. É uma das raízes mais profundas da enorme desigualdade social brasileira.”

Também nas redes sociais, o Movimento Brasil Livre (MBL) se posicionou contra o supersalários: “Só pode ter uma árvore que dá dinheiro em Brasília.”

Leia também:

“Servidores públicos têm privilégios legais, porém imorais”

Aras se baseou em decisão do CNMP para pagar supersalários a procuradores

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....