Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Ter deixado o governo foi a melhor decisão que eu tomei"

Sergio Moro, que foi ministro da Justiça, afirmou também que "não podia deixar o governo antes de o projeto anticrime ser votado" no Congresso
“Ter deixado o governo foi a melhor decisão que eu tomei”
Foto: Daniel Medeiros/O Antagonista

Sergio Moro, em entrevista para o Estadão, disse que não se arrepende de ter entrado no governo Bolsonaro.

Nem de ter saído, claro:

“No governo, eu permaneci fiel ao meu projeto, princípios e valores. Tenho muito orgulho de ter deixado o governo, foi a melhor decisão que eu tomei.”

Ele disse também que não poderia ter abandonado antes:

“Não podia deixar o governo antes de o projeto anticrime ser votado. A Câmara inseriu modificações que pioraram o texto, e resolvi ficar até o veto presidencial. Foi um dos momentos no qual o presidente traiu o país. Paralelo a isso, o presidente havia feito movimentos para interferir na Polícia Federal, que em mãos erradas pode ser utilizada em detrimento da população. Quando o presidente passou por cima de mim e trocou o diretor, acabaram as razões para minha permanência.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....