Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Tentativa de prejudicar pré-candidatura de Moro”, diz bancada do Podemos, sobre CPI

A ideia da CPI surgiu depois que o TCU não conseguiu acesso à remuneração paga pela Alvarez & Marsal a Moro, durante os 10 meses de consultoria
“Tentativa de prejudicar pré-candidatura de Moro”, diz bancada do Podemos, sobre CPI
Foto: Daniel Medeiros/O Antagonista

Em nota oficial, a bancada do Podemos no Congresso afirmou que a possibilidade de instauração de uma CPI para “investigar” Sergio Moro é uma tentativa de prejudicar a pré-candidatura do ex-juiz.

“A bancada do Podemos repudia a tentativa nefasta de autoridades, parlamentares e partidos atingidos pela Lava Jato de prejudicar a pré-candidatura de Sergio Moro”, afirma a nota assinada pelo senador Alvaro Dias (PR), líder do Podemos.

“A criação de uma CPI para investigar o contrato de trabalho de um cidadão brasileiro com uma empresa privada nos Estados Unidos é uma ofensa à sociedade, que espera ver no Parlamento debates e providências que melhorem a vida das pessoas, e não que sirvam de palanque político eleitoral para um projeto de vingança ao juiz que prendeu corruptos.  Mas o Brasil do bem saberá se vingar nas urnas”, conclui a nota assinada pelo parlamentar (foto).

Como mostramos mais cedo, os petistas, que articulam a CPI, já teriam o apoio de, pelo menos, Solidariedade, PSB, PCdoB, PSOL e PDT, além de figurões do Centrão, que tem ódio de Moro, incluindo o próprio presidente da Câmara, responsável por instalar a CPI.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....