Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Tem coisa esquisita aí, parece que alguém quis raspar o tacho"

“Tem coisa esquisita aí, parece que alguém quis raspar o tacho”
Cerimônia de posse dos presidentes do Banco do Brasil, Caixa e BNDES

Jair Bolsonaro demonstrou estranheza com uma auditoria contratada pelo BNDES por R$ 48 milhões.

Essa auditoria analisou negócios envolvendo o banco e empresas do grupo J&F, de Joesley e Wesley Batista. A conclusão foi a de que não teria havido irregularidades nas transações.

“Essa auditoria começou no governo Temer. E tiveram dois aditivos. O último aditivo, não tenho certeza, seria da ordem de R$ 2 milhões. E chegou a R$ 48 milhões no final. Está errado. Tem coisa esquisita aí, parece que alguém quis raspar o tacho”, disse Bolsonaro.

Leia também:

Bolsonaro diz que caixa-preta do BNDES ‘já foi aberta’ e não comenta auditoria

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....