Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Tabata Amaral diz que PSB não vai forçá-la a fazer campanha por Lula

Contrária à formação de uma federação partidária com o PT, deputada diz não ver no ex-presidiário a capacidade de “unir o país da direita à esquerda”
Tabata Amaral diz que PSB não vai forçá-la a fazer campanha por Lula
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Em entrevista ao Estadão nesta sexta (21), Tabata Amaral (foto) disse que o acordo que tem com o PSB é de não ser obrigada a fazer campanha por qualquer nome —a sigla estuda formar uma federação partidária com o PT de Lula.

“Nunca fui forçada a dizer que apoiaria um candidato específico”, disse a deputada federal por São Paulo, que saiu do PDT depois de contrariar a legenda votando a favor da reforma da Previdência. “Meu partido nunca pediu isso para mim.”

Contrária à formação de uma federação com a sigla do ex-presidiário, Tabata disse não ver em Lula a capacidade de “unir o país da direita à esquerda”.

Afirmou, porém, ver com “muito bons olhos” a eventual filiação de Geraldo Alckmin, ex-tucano e postulante a vice na chapa petista, ao PSB. “Acredito que ele contribui para que essa conversa seja a mais ampla possível.”

Cotada para disputar a prefeitura da capital paulista em 2024, a deputada disse não pensar em outro objetivo além da reeleição para a Câmara, mas não descartou a possibilidade de concorrer ao cargo daqui a dois anos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....