Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

STF manda PGR se manifestar sobre interferência de Bolsonaro em investigação do MEC

Em interceptação da PF, Milton Ribeiro diz que 'presidente ligou com pressentimento' de que haveria buscas na residência do ministro
STF manda PGR se manifestar sobre interferência de Bolsonaro em investigação do MEC
Foto: CNJ

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou que o procurador-geral da República, Augusto Aras, se manifeste sobre a suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro em investigações no Ministério da Educação.

O caso foi parar no STF após a PF anexar ao inquérito interceptação telefônica em que Milton Ribeiro diz à filha que teria recebido uma ligação de Bolsonaro, com um “pressentimento” de que haveria buscas na residência do ex-ministro.

Cabe à PGR avaliar se denúncias contra o presidente merecem uma investigação formal.

Ribeiro e seus amigos pastores foram presos no mês passado, por ordem da Justiça Federal no DF, mas acabaram soltos no dia seguinte por decisão do TRF-1.

Na semana passada o ministro Alexandre de Moraes também pediu que a PGR se manifestasse sobre possível interferência do presidente na PF, em outro caso aberto após a saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....