Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Simone Tebet não se compromete nomear civil para Defesa

Pré-candidata do MDB ao Palácio do Planalto disse em entrevista à rádio que problema está na entrada de militares da ativa em cargos políticos
Simone Tebet não se compromete nomear civil para Defesa
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A senadora Simone Tebet (MDB-MS) disse nesta quarta-feira (22) que, caso eleita, não se compromete a colocar um ministro civil na Defesa – tradição iniciada no governo FHC rompida por Michel Temer em 2018. Para a pré-candidata à presidência pelo partido, a opção agrada – mas não é exclusiva.

“Não me comprometo a colocar um civil, mas me agrada um civil no Ministério da Defesa”, ela disse, em entrevista à rádio CBN. “O que nós não podemos admitir é politizar as Forças Armadas”.

A parlamentar sul-mato-grossense também disse não ver problemas em militares da ativa ocupando cargos na gestão administrativa. “O problema está em ter militares da ativa em cargos políticos e nos ministérios”, ela continuou.

Durante o governo de Jair Bolsonaro, dois generais da ativa ocuparam cargos de ministro no gabinete: o chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, foi ministro e general da ativa até 2020, quando se retirou do cargo militar; Eduardo Pazuello só foi para a reserva em março deste ano, depois de ser demitido do cargo de ministro da Saúde.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....