Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Simone cobra da Petrobras que fábrica no Mato Grosso do Sul produza fertilizantes

A senadora, que é pré-candidata do MDB ao Planalto, se reuniu nesta sexta-feira com o presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna
Simone cobra da Petrobras que fábrica no Mato Grosso do Sul produza fertilizantes
Foto: Pedro França/Agência Senado

A senadora Simone Tebet (foto), pré-candidata do MDB ao Planalto, se reuniu mais cedo com o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna.

Durante a conversa, entrou na pauta a situação de uma fábrica de fertilizantes de Três Lagoas, no Mato Grosso do Sul, cidade natal de Simone e que já foi comandada por ela. A fábrica foi recém-adquirida por um grupo russo e poderá não mais produzir fertilizantes.

“Estou há 12 anos nessa luta. Agora, nós ficamos sabendo que a empresa que conseguiu comprar, que é russa, não vai fazer fertilizantes. Ela vai misturar os fertilizantes que compraremos de fora, para se tornarem fertilizantes nitrogenados. Então, agora é a hora de a Petrobras dizer que não vai entregar a fábrica quase pronta a uma empresa que não vai resolver o problema de fertilizantes no Brasil. Agora é hora de ela dizer que vai interromper esse contrato, terminar essa fábrica e, aí sim, vender para quem realmente vá produzir fertilizantes. Agora, entregar para uma empresa que não assina contrato garantindo a produção de fertilizantes é inaceitável e inadmissível. Isso vai contra o interesse nacional e os interesses da Petrobras”, disse Simone, após o encontro.

Em meio à guerra na Ucrânia, o assunto ganhou ainda mais relevância. Pelo menos 70% dos insumos usados para aumentar a produtividade do solo vêm do exterior e a Rússia é a principal fornecedora. Jair Bolsonaro tem usado a situação para defender a mineração em terras indígenas, como já registramos. A proposta conta com o apoio de governistas e da bancada ruralista, como mostramos ontem.

Leia também: Lula culpa Temer e Bolsonaro por crise dos fertilizantes

Leia também: Líder do governo quer urgência para liberar mineração em terras indígenas

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....