Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Servidores do Judiciário irão ao Supremo contra reajuste de 5%

Eles defendem uma recomposição de 19,99% em seus vencimentos, referentes às perdas inflacionárias sofridas pela categoria desde 2019
Servidores do Judiciário irão ao Supremo contra reajuste de 5%
Foto: CNJ

A Federação dos Trabalhadores do Judiciário Federal e do Ministério Público da União (Fenajufe) vai fazer um ato na próxima semana em frente ao Supremo Tribunal Federal.

A ideia também é conseguir uma reunião para discutir o reajuste linear de 5% que o governo deve conceder a todo o funcionalismo.

Os servidores do Judiciário defendem uma recomposição de 19,99% em seus vencimentos, referentes às perdas inflacionárias sofridas pela categoria desde 2019.

Entidades que representam o funcionalismo federal ficaram insatisfeitas com a proposta e afirmam que percentual não deve reduzir o fluxo de mobilizações. 

A decisão foi tomada após reunião entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e Jair Bolsonaro. O governo quer diminuir os movimentos de servidores, que deflagraram greves e manifestações.

No início do ano, o presidente havia prometido reajustar os salários de policiais federais, policiais rodoviários federais e de funcionários do sistema carcerário. Entretanto, outras categorias haviam ameaçado entrar em greve, caso também não fossem contempladas. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....