Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Servidores da Funai convocam greve por morte de Dom e Bruno

Grevistas dizem que atual gestão é "anti-indigenista" e cobram condições mínimas de trabalho; órgão diz que opera hoje no mínimo operacional
Servidores da Funai convocam greve por morte de Dom e Bruno
Foto: Wilson Lima / O Antagonista

Os servidores da Fundação Nacional do Índio (Funai) irão cruzar os braços nesta quinta-feira (23), em um ato em frente à sede do órgão, em Brasília. A manifestação deve acontecer também todas as sedes da Funai e repercute o assassinato do indigenista Bruno Pereira e o repórter britânico Dom Phillips, no início do mês.

“O assassinato de Bruno e Dom tem como plano de fundo o desmonte da Funai”, alegam os organizadores da greve. “Todos os órgãos públicos essenciais para a população passam por situação semelhante.”

Os grevistas querem a saída de Marcelo Xavier, que comanda a instituição. “Não iremos descansar um minuto até que esteja fora da Funai a gestão Marcelo Xavier, que demonstra não possuir qualidade mínima para gerir a política indigenista.”

Como mostrou O Antagonista, a própria Funai já reconheceu que hoje opera no mínimo operacional. Um relatório oficial da Fundação mostra que há, hoje, mais de 2.700 cargos vagos sem a possibilidade de serem preenchidos.

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....