Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Servidores da Anvisa receberam 458 ameaças por aval a vacina infantil, diz Barra Torres

Em audiência no Senado, diretor-presidente da agência reconheceu que aumento de ataques coincidiu com falas de Bolsonaro contra imunização de crianças
Servidores da Anvisa receberam 458 ameaças por aval a vacina infantil, diz Barra Torres
Foto: Pedro França/Agência Senado

Antonio Barra Torres (foto) disse nesta quarta-feira (16) que diretores e técnicos da Anvisa receberam 458 ameaças desde que entrou em pauta a vacinação das crianças para a Covid.

O número inclui ataques registrados até esta segunda (14). O diretor-presidente da agência, que participou hoje de uma audiência na Comissão de Direitos Humanos do Senado, acrescentou que as ameaças geram clima de “insegurança e tensão desnecessárias”.

As ameaças se tornaram mais frequentes após Jair Bolsonaro afirmar que iria expor os nomes de técnicos do órgão que aprovaram o uso de doses da Pfizer na faixa de 5 a 11 anos.

Barra Torres, que já havia culpado Bolsonaro por estimular ataques aos servidores do órgão, reconheceu que as falas do presidente coincidem com o aumento das ameaças à Anvisa. A agência tem informado a Polícia Federal e o STF sobre os ataques.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....