Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Será um partido de extrema direita", diz ex-deputado ao abandonar PL

Milton Monti condenou a chegada de Jair Bolsonaro à legenda e disse que não se encaixa na "nova doutrina política"
“Será um partido de extrema direita”, diz ex-deputado ao abandonar PL
Reprodução

Mais um integrante do PL anunciou que vai deixar o partido por causa da chegada de Jair Bolsonaro.

O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos, comunicou a saída na última terça-feira (7). Hoje, foi a vez do ex-deputado Milton Monti, de São Paulo.

Para o ex-parlamentar, abrir as portas ao presidente significa caminhar rumo à extrema direita.

(O PL) vai tomar um rumo de um partido de extrema direita. Não é questão pessoal com o presidente, mas a doutrina política que será adotada a partir de agora. Sem dúvidas, o partido será um partido de extrema direita. Minha posição política é outra. Sou uma pessoa de centro”, disse Monti nas redes sociais.

Ele agradeceu Valdemar Costa Neto e disse que respeita a decisão do partido.

Monti foi deputado federal entre 1999 e 2018 e deve voltar à corrida eleitoral no próximo ano.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....