Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Senador defende Bolsonaro: "Até emenda parlamentar é responsabilidade dele?"

Roberto Rocha, autor da CPI do Bolsolão, afirmou que confia no "espírito púbico" do presidente da República 
Senador defende Bolsonaro: “Até emenda parlamentar é responsabilidade dele?”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

A iniciativa de Roberto Rocha (PSDB) de propor uma CPI do Bolsolão no Senado pegou colegas de surpresa, uma vez que o tucano é aliado do Palácio do Planalto.

Como mostramos mais cedo, o requerimento tem, até aqui, somente oito assinaturas — são necessárias, no mínimo, 27 para que o documento seja protocolado.

A O Antagonista, Rocha disse que “o intuito é investigar as denúncias e situar as coisas no seu devido lugar, prestando contas à sociedade”. O senador afirmou que confia no “espírito púbico” do presidente da República.

“Esses recursos do tal orçamento secreto que queriam chamar de Bolsolão foram indicados por senadores e deputados, inclusive eu. Quem indica o lugar e o valor é o Parlamento, não é o Executivo nem o Judiciário. Sendo assim, o que o presidente da República tem a ver com isso? Agora até emenda parlamentar é responsabilidade dele?”

Pelo jeito, um senador governista quer uma CPI para inocentar o governo.

Leia também: “Bolsolão: e daí?” e “Bolsolão faz presidente perder discurso que o elegeu”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....