Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Senado debate projeto que blinda partidos

Projeto estabelece mero exame formal de demonstrações contábeis e balanço patrimonial, impedindo avaliação da aplicação dos dos fundos partidário e eleitoral
Senado debate projeto que blinda partidos
Reprodução

O plenário do Senado vai realizar sessão temática na próxima quinta-feira, às 10h, para debater o projeto do tucano Izalci Lucas (foto) que praticamente blinda as contas dos partidos de qualquer fiscalização por parte da Justiça Eleitoral.

Como mostrou O Antagonista no mês passado, o PL700/2022 torna a análise um mero exame formal de demonstrações contábeis e de balanço patrimonial, impedindo avaliação da correta aplicação dos recursos dos fundos partidário e eleitoral. Também transforma em administrativo o caráter judicial da prestação de contas.

Foram convidados para a sessão temática o presidente do TSE, Edson Fachin, a Assessoria de Exame de Contas Eleitorais e Partidárias do tribunal (Asepa), o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e representantes das bancadas dos partidos.

No requerimento para o debate, Izalci alega que a legislação sobre a prestação de contas de campanhas e partidos precisa de “maior flexibilização e modernização”. “É por isso que apresentei o PL 700/2022, que tem o objetivo de dotar de maior flexibilidade a regulamentação vigente para a prestação de contas dos partidos, incorporando na legislação um conjunto de inovações que certamente vão aperfeiçoar esse processo”, diz.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....