Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Sem Nordeste, não há Ciro"

“Sem Nordeste, não há Ciro”
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Fernando Haddad, o laranja de Lula, pode abater a candidatura de Ciro Gomes.

Diz Eliane Cantanhêde:

“O primeiro efeito tende a ser nas pretensões de Ciro, que só chegou até onde chegou no vácuo do PT, troca desaforos com a própria sombra e cria constrangimento para empresários na casa deles, a CNI. A um sinal de Lula, boa parte dos votos do Nordeste migram para Haddad. E, sem Nordeste, não há Ciro.

Consolidadas a direita, com Bolsonaro, e a esquerda, com Lula materializado em Haddad, que o centro trate de jogar a sério, deixando vaidades de lado. O treino está acabando e a pergunta é: quem quer levar a culpa por um segundo turno entre Bolsonaro e PT?”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....