Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Secretário-geral diz que Otan está "de braços abertos" para Finlândia e Suécia

No mês que vem, os países devem enviar pedidos simultâneos de adesão à aliança militar, diante das ameaças de Vladimir Putin
Secretário-geral diz que Otan está “de braços abertos” para Finlândia e Suécia
Reprodução/YouTube

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg (foto), disse há pouco que a aliança militar está “de braços abertos” para a Finlândia e para a Suécia. Os dois países já sinalizaram que devem enviar, em maio, pedidos conjuntos de adesão à entidade.

A possibilidade ganhou força com a invasão russa à Ucrânia. Desde que Finlândia e Suécia anunciaram que pretendem ingressar na Otan, o governo de Vladimir Putin já fez uma série de ameaças, dizendo que levaria armamentos nucleares para a região da fronteira com os países.

Em coletiva de imprensa ao lado da presidente do Parlamento Europeu nesta quinta (28), Stoltenberg disse que não cabe à Rússia decidir sobre o futuro dos países.

“Cabe, naturalmente, à Finlândia e à Suécia decidir se pretendem ou não candidatar-se à adesão à OTAN. Mas se decidirem se candidatar, a Finlândia e a Suécia serão recebidas de braços abertos pela Otan. Espero que o processo seja rápido. Finlândia e Suécia são nossos parceiros mais próximos.”

Roberta Metsola, presidente do Parlamento Europeu, defendeu a continuidade das sanções contra a Rússia.

“Continuaremos a exigir mais sanções e continuaremos a exigir a aplicação dos atuais pacotes de sanções de uma maneira melhor e mais eficaz. Continuaremos a discutir isso também em Estrasburgo na próxima semana, mas, no nosso caso, este parlamento continuará a aproveitar o impulso desta coordenação sem precedentes que temos, o que é extremamente importante, porque partilhamos os valores fundamentais e partilhamos a nossa defesa do direito da Ucrânia de se defender.” 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....