Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Se fosse da minha equipe, a exoneração seria imediata"

O deputado Paulo Ganime, que assumirá a liderança do Novo na Câmara em fevereiro, classificou de “inadmissível” o vídeo do secretário especial da Cultura, Roberto Alvim, com citação ao discurso de Joseph Goebbels.

“É inadmissível e não pode ser tolerado, ainda mais vindo de um membro do alto escalão do governo e em um pronunciamento oficial.”

Sobre o que deveria ser feito nesse caso, Ganime afirmou que “se fosse um membro da minha equipe, a exoneração seria imediata”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....