Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Saúde cancelou compra de 14 milhões de testes em 2021

"O ritmo para aprovação do programa de testagem, bem como das aquisições dos testes, caracteriza-se por ser moroso", afirma um relatório do TCU
Saúde cancelou compra de 14 milhões de testes em 2021
Foto: Myke Sena/MS

O Ministério da Saúde cancelou a compra de 14 milhões de testes rápidos de Covid em 2021, diz a Folha. O processo de aquisição começou em março, se arrastou por mais de cinco meses e foi cancelado.

O caso foi investigado pelo TCU, que verificou “lentidão” da pasta. O processo foi marcado por falhas internas entre dois departamentos.

O ministério informou ao tribunal que a compra foi suspensa, pois um outro processo de aquisição fora iniciado, desta vez com a Fiocruz, para adquirir 60 milhões de unidades. Hoje, no entanto, o país enfrenta uma escassez de testes em várias cidades, em meio ao avanço da Ômicron.

No relatório, a área técnica do TCU destacou ainda que o Ministério da Saúde levou 11 meses até apresentar à corte um plano de testagem em massa, o que ocorreu apenas em setembro.

“O ritmo para aprovação do programa de testagem, bem como das aquisições dos testes, caracteriza-se por ser moroso, o que acaba por fragilizar a prioridade que a ação necessita ter dentro de um cenário pandêmico.”

“O Brasil, apesar de ocupar a terceira posição no ranking de infecções por Covid-19, é apenas o 125º colocado quando se trata de proporção de testes por milhão de habitante”, acrescenta o relator, Vital do Rêgo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....