Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ruy Goiaba, o vandalismo de estátuas e a Idade Média 2.0

Ruy Goiaba, o vandalismo de estátuas e a Idade Média 2.0
Arte: Crusoé

Em sua coluna na Crusoé, “Bem-vindos à Idade Média 2.0”, Ruy Goiaba comenta a recente onda de vandalismo de estátuas de pessoas associadas à escravidão.

“Tiradentes, como apontou Laurentino Gomes, tinha seis escravos quando foi enforcado. Segundo historiadores, havia escravidão em quilombos — inclusive o de Palmares, liderado por Zumbi. Como fazer? E há casos como o de Getúlio Vargas, fascista e signatário de leis eugenistas no Estado Novo, depois bonzinho e ‘progressista’ nos anos 50. Depreda quanto das estátuas dele? 50%, só da cintura para baixo?”

“(…) No fundo essa iconoclastia, assim como a queima de livros, é uma tentativa de reescrever o passado editando aquelas partes que hoje nos envergonham. Não adianta, porque é um recalque malfeito e o passado sempre retorna — inclusive nessas tradicionais modalidades de derrubada de estátuas e queima de livros.”

Clique AQUI para ler a coluna completa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....