Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Renan e a 'masmorra' de Lula

Renan Calheiros, que não foi a Curitiba visitar o amigão Lula, discursou no Senado e chamou de “masmorra” as acomodações do ex-presidente na sede da PF, informa O Globo.

Disse ainda que se poderia fazer com o chefe petista “o que Sobral Pinto fez no Estado Novo com Graciliano Ramos, [evocando] a Lei de Proteção dos Animais”.

Errado: o célebre advogado não evocou a lei para defender Graciliano, mas sim o dirigente comunista Harry Berger, preso e torturado pelas autoridades do Estado Novo de Getúlio Vargas.

Por sua vez, Renan, com vários processos no STF, poderá continuar evocando seu foro privilegiado à vontade –pelo menos até outubro.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....