Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Reajuste de 5% para servidores é insuficiente", diz Sindifisco

O sindicato afirmou ainda que não pode "ignorar o descaso do governo com o órgão, que segue o mesmo e não melhora com essa perspectiva de aumento"
“Reajuste de 5% para servidores é insuficiente”, diz Sindifisco
Foto: José Cruz/Agência Brasil

O Sindicato dos Auditores-Fiscais da Receita Federal afirmou que o reajuste de 5% para todos os servidores públicos federais a partir de julho não impacta a mobilização da categoria e seguirá com a entrega de cargos de chefia e a operação-padrão nas fronteiras.

Para a categoria, o reajuste de 5% “é amplamente insuficiente, considerando a inflação acumulada de mais de 20%”.

“O reajuste não afeta em nada o baixo orçamento da Receita Federal, que teve uma queda de 50% apenas neste ano. Estamos sem efetivo, trabalhando com uma queda de 40% em Auditores-Fiscais, sem concursos públicos desde 2014. Tampouco a proposta do governo federal resolve a Lei 13.464, que aguarda regulamentação desde 2017”, disse em nota.

O sindicato afirmou ainda que não pode “ignorar o descaso do governo com o órgão, que segue o mesmo e não melhora com essa perspectiva de aumento”. 

Como mostramos, a decisão foi tomada após reunião entre o ministro da Economia, Paulo Guedes, e Jair Bolsonaro. O governo quer diminuir os movimentos de servidores, que deflagraram greves e manifestações.

No início do ano, o presidente havia prometido reajustar os salários de policiais federais, policiais rodoviários federais e de funcionários do sistema carcerário. Entretanto, outras categorias haviam ameaçado entrar em greve, caso também não fossem contempladas. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....