Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PT diz que possível cassação de vereador que invadiu igreja é "ato de racismo"

Gleisi Hoffmann saiu em defesa de Renato Freitas, "para que continue resistindo e lutando contra a direita racista que tenta tirar seu mandato"
PT diz que possível cassação de vereador que invadiu igreja é “ato de racismo”
O vereador por Curitiba, Renato Freitas. Foto: Reprodução/Instagram

Como noticiamos ontem, o Conselho de Ética da Câmara Municipal de Curitiba aprovou parecer pela cassação do vereador Renato Freitas, do PT (foto), que invadiu uma igreja católica durante um protesto contra o assassinato do congolês Moïse Kabagambe no Rio. O processo continua.

O PT disse que o “pedido de cassação do parlamentar é visto como ato de racismo e injustiça”.

Gleisi Hoffmann, presidente do PT e deputada federal pelo Paraná, escreveu no Twitter:

“Apoio ao vereador Renato Freitas, para que continue resistindo e lutando contra a direita racista que tenta tirar seu mandato.”

Renato foi eleito com 5.097 votos.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....