Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

PSDB de SP condena declarações de Leite sobre governo Yeda Crusius

Durante debate na GloboNews, governador disse que rejeição da ex-chefe do Poder Executivo inviabilizou politicamente os tucanos no RS
PSDB de SP condena declarações de Leite sobre governo Yeda Crusius
Foto: Adriano Machado/Crusoé

O presidente do PSDB de São Paulo, Marco Vinholi, e a presidente do PSDB Mulher paulista, Edna Martins, condenaram a manifestação do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, sobre a gestão de Yeda Crusius.

Durante o debate das prévias do partido realizado ontem pela GloboNews, Leite (foto) afirmou que “embora tenha feito um governo de transformação, Yeda Crusius terminou com uma rejeição altíssima, que inviabilizou politicamente o PSDB nas eleições seguintes”.

Vinholi e Edna Martins, por sua vez, reagiram:

“Yeda Crusius é uma desbravadora, abrindo caminhos para as mulheres na política e na academia e, como presidente do PSDB Mulher, é a responsável pela valorização das mulheres nas instâncias partidárias e nos processos eleitores. Seu legado vai muito além do discurso. É pautado pelas boas práticas de gestão e da política e não por frases feitas por marqueteiros para marcar posição contra adversários”, afirmaram eles em nota oficial.

Yeda Crusius governou o Rio Grande do Sul de 1º de janeiro de 2007 a 1º de janeiro de 2011. Ela tentou a reeleição em 2010, mas ficou em terceiro lugar e sequer chegou ao segundo turno.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....