Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Processo no Tribunal de Contas do DF mira contrato entre BRB e Flamengo

Acordo que prevê repasse anual de pelo menos R$ 32 milhões do Banco de Brasília para o clube está na pauta reservada da Corte
Processo no Tribunal de Contas do DF mira contrato entre BRB e Flamengo
Foto: : Paulo H Carvalho/Agência Brasília

O contrato entre o Banco de Brasília e o Flamengo, que foi selado há dois anos, está na mira do Tribunal de Contas do Distrito Federal, diz o Correio Braziliense. O acordo entre o banco e clube de futebol, que prevê um repasse anual de pelo menos R$ 32 milhões, está na pauta reservada da Corte.

“Até ontem à noite, o processo constava na pauta da sessão reservada do TCDF desta quarta-feira, sob a relatoria do conselheiro Márcio Michel. O processo tramita em caráter sigiloso e já está na fase de decisão de mérito”, diz a reportagem.

O processo foi aberto TCDF após denúncias anônimas encaminhadas à ouvidoria da Corte. O Ministério Público de Contas (MPC), por sua vez, ingressou com uma representação no tribunal. O MPC pediu adoção de medida cautelar para suspender o repasse anual do BRB para o Flamengo. Após análise das justificativas do BRB, o pedido de medida cautelar foi indeferido pelo TCDF.

O Correio Braziliense também menciona que o negócio entre o BRB e o Flamengo é motivo de questionamento dos acionistas do banco, que se queixam de falta de transparência por parte do banco no detalhamento do negócio com o time de futebol. Em resposta aos acionistas, o presidente do Conselho de Administração do BRB, Marcelo Talarico, e o presidente do banco, Paulo Henrique Costa, alegam que o negócio mantido entre a instituição financeira e o clube foi “apresentado às alçadas competentes”, tendo sido “apreciado e aprovado”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....